sexta-feira, 22 de outubro de 2010

TRATADO DA RAZÃO CRACIOLÓGICA.


Autor – Ancelmo Luiz graceli.

Brasileiro, professor, pesquisador teórico, graduado em filosofia.

Rosa da penha, Cariacica, Espírito Santo, Brasil.


Colaborador. Márcio Piter Rangel.

Trabalho registrado na Biblioteca Nacional – Brasil - Direitos Autorais.

Agradeço a algumas faculdades que estão incluindo os meus trabalhos em seus currículos.




A realidade é produzida e faz parte de sua natureza a razão de poderes, potencialidades, programações pré-determinadas e direcionamentos.

E que produzem uma ordem e harmonia funcional, estrutural e transcendental em direção a uma perfeição, através de poderes de aperfeiçoamentos.

E está organização regida por poderes segue uma lógica e racionalidade tanto no âmbito cósmico, craciológico, vital, e psíquico. E também metafenomênico existencial [ver metafenomenia graceliana].

Assim temos um direcionamento, uma programação, um propósito para existir e um objetivo a ser alcançado.

Com isto o poder não é só um poder ou uma potencialidade. Pois o poder segue uma racionalidade e logicidade que faz parte da natureza da realidade com objetivo claro a ser alcançado e para se tornar realidade, ou seja, É UMA METAFÍSICA RACIONAL.
 Pois a própria realidade é racional e o universo lógico e de poderes que compõe o ser, o cosmos, a realidade, a natureza e a mente.

E que mantém, perpetua e transcende a vida, o ser, a realidade, a razão, o cosmo e o próprio poder.

Com isto o poder e a realidade são constituídos de racionalidade não sua essência de ser.


SOBRE O CONHECIMENTO.

O conhecimento é parte do projeto cósmico, metacósmico e de poderes.


1-      O conhecimento existe antes da mente, do ser e das idéias.



Formas de conhecimento.

Conhecimento divino – tudo conhece.

Conhecimento cósmico – se encontra na ordem e harmonia cósmica.

Metacósmico – é o direcionamento existencial da realidade, que é anterior à própria realidade.

De poder e de potencialidades que regem a realidade, a vida, e a mente.

De poder, funcionalidade e aprimoramento – rege o funcionamento da realidade e da vida.

O aprimoramento é poder e uma racionalidade natural.


Vital – existe dentro da vida e rege todo o funcionamento da vida.

Transcendental – transcende de vida em vida dentro da própria vida.  Renovação celular e nascimento.

Espiritual – os espíritos conhecem o medo e tem as suas faculdades e racionalidades.

Genético e inato – recebe dos pais ao nascer.

Inconsciente e dinâmico – a mente trabalha sozinha e revela por consciência aos seres.

Consciente de relações e aquisições.


Com isto não existe só o conhecimento produzido pela mente, mas sim, outros mais profundos, anteriores, e produtores das ferramentas do conhecimento da mente.

Entre os mais importantes de todos são o divino, o cósmico e o vital.


A emoção, a estética, os instintos possuem uma racionalidade e lógica própria pelo inconsciente vital e inconsciente mental – o ser os usa inconscientemente sem ter noção que já foi elaborado um processo lógico para o seu uso.



A própria potencialidade vital de se modificar, mudar de cor, produzir cheiros são formas de conhecimento vital.
Ver as teorias craciológicas graceliana.

Metafenomenia graceliana.

Metapsicologia graceliana.

Crácio rés – teoria graceliana.

E a metacosmologia graceliana.

E outras.

Publicadas na internet.










Nenhum comentário:

Postar um comentário